quinta-feira, 22 de setembro de 2011

entender...explicar...

é muito difícil explicar, mas eu to vendo que entender é pior ainda, pq as coisas são tão complexas pra mim?

domingo, 11 de setembro de 2011

lá, daqui a um tempo, quem sabe?

eu espero que voe, que seja positivo, que o amor vença o medo, a duvida, o orgulho, o tempo, a distancia, o silencio...


se for pra ser, que seja inteiro mais com a minha metade de volta.

" e eu espero por você, eu não me canso de esperar, a porta aperta vou deixar, se quiser pode voltar." (pe. Fábio de Melo)

sem mais delongas.

sábado, 10 de setembro de 2011

Luz.

Alumiada Estação, onde as meninas, brincando no portão, tem horas que são senhoras, tem horas que horas são.




MEDO,

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

...

eu e minha mania de fazer tudo errado pensando que tá certo.

eu não quero perder, não quero estragar, não quero colocar ponto final, nem mais virgulas, quero uma historia que corra, quero dizer o que sinto, não quero ter medo, não quero mais ter uma ansiedade maior do que o mundo e do que os outros...não quero sofrer por algo que tem solução, não quero ficar triste, não quero mais chorar...não quero mais nada que me faça mal. E o que me faz mau é somente a minha cabeça. E eu também não quero Perder o controle.

eu não quero mais ser só.

sábado, 3 de setembro de 2011

Hoje


Hoje eu aprendi milhares de coisas, to muito orgulhosa de compreender qual é realmente o meu papel na sociedade.
Nada de Feitichismo, de alucinações e muito menos de ideias, ideias vazias e não analisadas.
O mundo tá cheio de mazelas e de problemas, eu tratarei de analisar, estudar, compreender esses problemas a fundo, buscando a sua essência e a partir disso buscar soluções, não soluções práticas, mas soluções críticas, inteligentes e cruciais para o fim de tantas coisas que considero Ruins para a sociedade.

Hoje eu percebi a importância que eu tenho no mundo, o valor do meu emprego e mais ainda, aprendi que EU, eu sozinha, junto com parecer diagnóstico posso muito bem mudar toda e qualquer estrutura familiar, isso implica portanto que MILHARES de famílias, MILHARES de pessoas passarão pela ponta da minha caneta, eu DECIDIREI o rumo e os caminhos os quais esses SERES podem ou devem tomar.

Hoje eu aprendi que o Assistente Social, além de realizar suas funções burocráticas, busca recursos, RECURSOS para que os projetos, POR NÓS PROPOSTOS funcionem. é muito mais que um aprendizado sobre políticas públicas e de auxilio, é muito mais que uma ajuda, é muito mais do que filantropia, é muito mais do que uma luta contra o engolimento da sociedade pelo capital, é muito mais, é muito mais, é muito mais, o Serviço Social é uma luta, uma luta contínua!
A única solução prevista hoje para a Precarização dos serviços, seja ele forma ou informal? REIVINDICAR-MOS A LUTA, NA LUTA! o único modo de destruir verdadeiramente é criar!

REVITALIZAMOS ESPERANÇAS!

eu amo o Serviço Social e cada dia me apaixono mais ainda.