quarta-feira, 27 de julho de 2011

O que se perde enquanto os olhos piscam

Pronde vai?
Toda tampa de caneta?
todo recibo de estacionamento?
todo documento original?
Isqueiro, caderneta,
a camiseta com aquele sinal...
Pronde vai... toda palheta?
Pronde foi... todo nosso carnaval?
Pronde vai?
Todo abridor de lata?
Toda carteira de habilitação?
Recado não dado, centavo, cadeado?
Todo guarda-chuva!
Pra fuga pro temporal!
Pronde vai... o achado, o perdido?
eu não sei, veja bem...
não me leve a mal...
Pronde vai?
todo outro pé de meia,
carteira, brinco e aparelho dental?
pronde vai... toda diadema?
recibo, receita e o nosso enredo inicial?
Pronde vai?
toalha de acampamento,
presilha, grampo, batom de cacau
elástico de cabelo
lápis, óculos, clips, lente de contato?
a nossa má memória!
a denúncia no jornal?
pronde vai... aliança, chaveiro, chave, chinelo?
e o controle pra trocar canal
Pronde vai?
O solo que não foi escrito?
Labareda nesse labirinto,
o instinto, o reflexo, sem seguro
O coro do Socorro! O lançamento oficial!
Pronde vai... a culpa da cópia?
Pronde foi... a versão original!?
Pronde vai?
a bala que se disparô?
o indício do vício que disseminou
a busca do corpo por algo vital?
a firmação do pulso! O discurso radical!
o troco em moeda... a lição da queda
Pronde foi... nosso humor e moral?
Pronde vai? todo nosso desalento
morre brisa nasce vendaval
pronde vai a reza vencida pelo sono
ela vale? Me fale... me de um sinal!

São longuinho
Me fale me de um sinal!


Pra onde foi?
O canhoto, benjamim de tomada
simpleza, prudência, clareza... consideração!
Autenticidade, compaixão, certeza... O perdão
a urgência, carrega a dor de bateria,
o extrato, a ponta, a conta nova, a cola e a extensão,
o estímulo,o exemplo, ,a voz dissonante...
A coragem do meu coração!

São Longuinho, São Longuinho
Me fale me dê um sinal!
São Longuinho, São Longuinho
Pra onde foi?
A coragem do meu coração!

terça-feira, 19 de julho de 2011

Lounge

Lounge de tristeza, lounge de guerra,, lounge de fome e de descrença.


você precisa se afastar somente daquilo que lhe faz mal...

Faça o que precisa ser feito e diga o que precisa ser dito, não desiste daquilo que lhe faz bem e quanto aos outros? pague a vista!









.Boa semana.

segunda-feira, 18 de julho de 2011

de hoje em diante

hoje eu me pergunto: O que é isso que eu sinto nesses últimos dias?!
porque eu não controlo isso?
porque eu quero tanto que o tempo voe?

ai olho pro céu e com os olhos cheios de lágrimas eu peço a Deus que me ajude e que eu consiga suportar as tempestades que ainda estão por vir, mas quero acreditar que a alegria será maior que qualquer sofrimento.

o nome disso?

saudade. S A U D A D E .

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Chuva

Deixa a chuva passar, espera o tempo secar
quando tudo terminar, você vai ver como lindo é amar, sonhar...
Viver...não desista
não se canse, não insista no que não vale mais a pena
mas acredite no amor, que supera distancias e obstaculos
mesmo você duvidando, o amor supera tudo
inclusive essa solidão que você pode estar sentindo.




solidão? isso é somente uma fase.

quarta-feira, 13 de julho de 2011

CARINHO

Todo mundo precisa de carinho,








eu preciso do seu carinho.

terça-feira, 12 de julho de 2011

...Eu sinto a falta de você
Me sinto só
E aí,
Será que você volta?
Tudo à minha volta
É triste
E aí,
O amor pode acontecer
De novo prá você
Palpite!...

Tô com saudade de você
Do nosso banho de chuva
Do calor na minha pele
Da língua tua
Tô com saudade de você
Censurando o meu vestido
As juras de amor
Ao pé do ouvido
Truque do desejo
Guardo na boca
O gosto do beijo...

Eu sinto a falta de você
Me sinto só
E aí!
Será que você volta?
Tudo à minha volta
É triste
E aí!
O amor pode acontecer
De novo prá você..

terça-feira, 5 de julho de 2011

Minutos de Sabedoria

AFASTE-SE dos ambientes mal-sãos. Evite as pessoas mal intencionadas. No entanto, se sua presença puder melhorar, sem que com isto sofra sua alma, leve sua virtude mesmo ao antro do vício. Mas faça como o sol, que ilumina e saneia o pântano, sem que seu raio de luz e calor dali se afaste enlameado e fétido. Seja você o espelho vivo de sua fé.

NÃO deixe que a calúnia o perturbe! Todos nós estamos sujeitos à calúnia. Mas saiba superá-la, vivendo de tal maneira que o caluniador não tenha razão. Não revide um ataque com outro ataque. Não se magoe com o calunia dor. Perdoe sempre. Apenas viva de tal maneira, que jamais o caluniador tenha razão.

Chorar não resolve;
Falar pouco é uma virtude;
Aprender a se colocar em 1º lugar não é egoísmo;
E o que não mata com certeza fortalece.
As vezes mudar é preciso, nem tudo vai ser como você quer, mas a vida continua.
Pra qualquer escolha, segue alguma conseqüência;
Vontades efêmeras não valem a pena;
quem faz 1 vez, não necessariamente faz 2, mas quem faz 10, com certeza faz 11.
Perdoar é nobre, esquecer é quase impossível!
Nem todo mundo é tão legal assim, e de perto ninguém é normal.
Quem te merece não te faz chorar, quem gosta cuida.
O que está no passado tem motivos para não fazer parte do seu presente.
Não é preciso perder pra aprender a dar valor e os amigos ainda se contam nos dedos.
Aos poucos vc percebe o q vale a pena, o q se deve guardar pro resto da vida e o q nunca deveria ter entrado nela.
Não tem como esconder a verdade, nem tem como enterrar o passado;
o tempo sempre vai ser o melhor remédio, mas seus resultados nem sempre são imediatos.

sábado, 2 de julho de 2011

Cordel Encantado - Gilberto Gil

(...)Nossos destinos
Desde meninos dão-se as mãos
Nossos destinos
De pequeninos eram irmãos
E os desatinos
Também tivemos que vivê-los
Bem juntinhos
E os caminhos
Nos trouxeram para este lugar
Aqui vamos ficar
Amar, viver, lutar
Até tudo acabar

sexta-feira, 1 de julho de 2011

pensamentos e palavras.


Jamais se esforce para esquecer o que é inesquecível. Sofrer faz parte do amor.

são pensamentos soltos, traduzidos em palavras pra que você possa entender, o que eu também não entendo.

amar não é ter que ter sempre certeza, é aceitar que NINGUÉM é perfeito pra NINGUÉM, é poder ser você mesmo e não precisa fugir é tentar esquecer e não conseguir dormir, fugir...agora o que vamos fazer? eu também não sei...afinal, será que amar é mesmo tudo? se isso não é amor, o que mais pode ser? to aprendendo também!

-essa não foi uma carta de amor.