sábado, 26 de fevereiro de 2011

tá bom pra você?


Dia 4 (Sexta -feira)
19:00 - 500 batuqueiros de Maracatu sob a regência de Naná Vasconcelos com a participação de Voznagô.
20:00 - Orquestra do Maestro Duda com participações de Passistas da Escola Municipal de Frevo e do grupo Pé no Chão, Carlos Malta, Hermeto Pascoal, Claudionor Germano e Yamandú Costa.
22:30 - Show 'Mulheres do Brasil' com Marina Lima, Fernanda Takai, Karina Buhr, Preta Gil, Vanessa da Mata, Maria Gadu, Zélia Ducan, Roberta Sá, Mariana Aydar, Gaby Amarantos e Elba Ramalho.

Dia 5 (Sábado)
22:30 - Otto e Lirinha
00:00 - Lenine
02:00 - Vanessa da Mata

Dia 6 (Domingo)
21:00 - Antônio Nóbrega
22:30 - Orquestra Popular da Bomba do hemetério
00:00 - Marcelo D2
02:00 - Nação Zumbi

Dia 7 (Segunda-feira)
22:00 - Clube do Samba e convidados
00:00 - Mart´Nalia
02:00 - Jorge Aragão

Dia 8 (Terça-feira)
21:00 – Spokfrevo Orquestra
22:30 - Elba Ramalho
00:00 - Alceu Valença
02:00 - Apoteose com a orquestra Multicultural do recife sob a regência do Maestro Spok

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

A CABANA.


" - Mackenzie, o mal é uma palavra que usamos para descrever a ausência de Deus, assim como usamos a palavra escuridão para descrever a ausência de Luz, ou morte para descrever a ausência de Vida. Tanto mal quanto a escuridão só podem ser entendidos em relação à Luz e ao Bem. Eles não têm existência real. Eu sou a Luz e eu sou o Bem. Sou o Amor e não há escuridão em mim. A Luz e o Bem existem realmente. Assim, afastar-se de mim irá mergulhar você na escuridão. Declarar independência resultará no mal, porque, separado de mim, você só pode contar consigo mesmo. Isso é morte, porque você se separou de mim, que sou a Vida. "
página 123/124


Eu estava hoje, com a cabeça pensante, nas nuvens, imaginando o que estava bom e o que estava ruim, nesses pensamentos que iam e vinham, me deu uma ligeira ideia de abrir um livro que eu havia deixado de lado na gaveta da cabeceira da minha cama, por falta de tempo, de vontade, de saco e querendo férias...
Peguei o livro de William Young um escritor fantástico, brilhante e de uma escrita excitante...A Cabana.
E a página que eu abri, PASMEM, foi justamente falando aquilo que eu precisava, aquilo que estava me dando medo, angustia e pavor em pensar que algo estava errado no meu dia simplesmente PASSOU, sumiu! as palavras couberam no meu vocabulário, na minha vida e acredito que de agora em diante eu levarei essas palavras comigo.
Não é que eu esteja triste, não estou não, nem um pouquinho sequer, pelo contrario, eu to bem, to feliz, to satisfeita, meus cabelos brilham por isso, haha...mas faltava uma PALAVRA no meu dia, HOJE, e essa palavra era DEUS.

até a vista meus caros.