domingo, 11 de setembro de 2011

lá, daqui a um tempo, quem sabe?

eu espero que voe, que seja positivo, que o amor vença o medo, a duvida, o orgulho, o tempo, a distancia, o silencio...


se for pra ser, que seja inteiro mais com a minha metade de volta.

" e eu espero por você, eu não me canso de esperar, a porta aperta vou deixar, se quiser pode voltar." (pe. Fábio de Melo)

sem mais delongas.

Nenhum comentário: